Dicionário do Ciclista

O Instituto CicloBR fez uma coletânea de verbetes, palavras e expressões utilizadas no universo da bicicleta para você não ficar por fora quando estiver conversando com algum ciclista de carteirinha; quando estiver assistindo uma prova de ciclismo ou mesmo quando for levar a magrela ao bicicleteiro. Seguem abaixo as palavras por ordem alfabética. Se houver alguma expressão que você conhece e que não está no dicionário abaixo, fique à vontade para nos contatar que iremos inseri-la com o maior prazer. Bom giro a todos!

 

A

 

Aro de bicicleta sem os pneus e com os raios colocados

Exemplo de aro de uma bicicleta sem os pneus e com os raios colocados

  • Andar na roda - Ficar atrás de outro ciclista aproveitando o vácuo;
  • Atacar - aumentar a velocidade repentinamente para transpor um obstáculo ou superar um adversário;
  • Alforje – é uma bolsa especial que se prende geralmente ao bagageiro da bicicleta;
  • Aro – é a parte da roda aonde se encaixam os pneus e também se firmam os raios;
  • Alumínio – liga metálica utilizado na fabricação de peças, acessórios e de quadros, geralmente muito leves mas pouco resistentes;

 

 

B

 

Modelo de blocagem - foto: Pedal Power

  • Balança – parte trazeira do quadro da bicicleta em formato de triangulo;
  • Bagageiro – é um acessório utilizado para o transporte de carga ou volume em uma bicicleta normal. Pode ser traseiro ou dianteiro. É nele que geralmente se firmam os alforjes;
  • Barra Forte ou Barra Circular - bicicleta extremamente resistente, de baixo custo e apenas uma marcha, geralmente utilizada para o transporte de cargas; 
  • Blocagem – é uma peça que auxilia na fixação/remoção de rodas e do canote do selim, por exemplo, sem precisar de ferramentas;
  • Balance Bike ou Bicicleta de Equilíbrio - são pequenas bicicletas, geralmente de madeira, sem pedais, para que as crianças possam aprender a se equilibrar em uma bicicleta;
  • Bike – Bicicleta;
  • Bolsa de Selim: são pequenas bolsas que podem ser acopladas abaixo do selim;
  • Braço duro - ciclista que não sabe pedalar em grupo ou pelotão;
  • Bater Guidão – disputar “ombro a ombro” com outro ciclista;
  • Bicicleteiro – além de significar o profissional que faz reparos na bicicleta, também é usado para designar ciclista mais humilde, que usa a bike para trabalhar. Termo usado muitas vezes em tom jocoso ou pejorativo;
  • Bicicultura – a cultura da bicicleta. É também o nome de um grande evento que reúne exposições, debates, seminários e oficinas acerca do uso da bicicleta;
  • BMX – abreviatura de Bicycle Motor Cross (em inglês a palavra cross, que significa cruz ou cruzamento é também representada pela letra x), que em português significaria algo como “moto cross em bicicleta”. Legal né?
  • Bruto - ciclista que não empurra a bicicleta na subida, que não desiste ou se deixa derrubar facilmente;
  • Bob; Bunny Hop ou Bunny Up - manobra básica que consiste em levantar a roda dianteira e depois a traseira, dando um “pulo”; 
  • Bicicletada - ver Massa Crítica;
  • Bicicletário - local de abrigo de várias bicicletas, pode ser fechado ou ao ar-livre;

 

C

Exemplo de uma coroa separada dos demais componentes - foto: Pedal.com

 

  • Cavalo - ciclista que pedala em ritmo muito forte;
  • Cadência – ritmo constante do pedal;
  • Caramanhola - garrafinha de água ou squeeze;
  • Caixa de direção – peça do quadro (interna) que permite o manuseio do guidão;
  • Cachimbo – mesa ou avanço, serve de suporte para o guidão;
  • Camelo ou camelinho – bicicleta;
  • Cantilever – tipo de freio com hastes acionadas por cabos;
  • Câmbio – sistema de transmissão da bicicleta;
  • Camelada – pedalada ou rolê de bicicleta. Pode ser utilizada também como significado de pedal longo, com sofrimento;
  • Câmara – tubo cilíndrico de borracha colocado “dentro” dos pneus que recebe determinada pressão de ar responsável por inflar os pneus. Quando dizemos que “o pneu furou”, na maioria das vezes o furo responsável pelo esvaziar dos pneus está na câmara, e não no pneu propriamente dito (há tipos de pneus no mercado q1ue não utilizam câmaras);
  • Canote – parte que é acoplada ao quadro da bicicleta aonde se firma o selim; 
  • Cabrito - bicicleta roubada;
  • Coroa – é a parte do câmbio dianteiro que fica firmada no movimento central, utilizada para a troca de marchas. É ela que acomoda a corrente nas diversas posições do câmbio dianteiro. Também é a responsável pela transferência da força empregada ao pedalar para a bicicleta;
  • Coroão - Maior coroa do grupo;
  • Cozinha - grupo de ciclistas que fica no fundão do pelotão;
  • Contra-relógio - modalidade competitiva em que um ciclista larga sozinho e tem que pedalar determinado percurso no menor tempo possível. Esta prova também pode ser disputada por equipes;
  • Chifre ou Bar end – acessório que acoplado à extremidade do guidão permite uma outra opção de posição das mãos do ciclista, geralmente, além do descanso de uma única posição, também auxilia nas subidas; 
  • Cassete (ver K7);
  • Catraca (ver K7);
  • Chain stay – tubo do quadro que faz a ligação entre o eixo traseiro e o movimento central;
  • Cicloturismo – viajar (fazer turismo) de bicicleta! É demais!!!
  • Conduite – é um tubo de material plástico que protege os cabos de câmbio e freio;
  • Cromoly – é uma liga de aço composta por cromo e molibidênio, utilizada na fabricação de quadros que combinam leveza e resistência;
  • Crosso Country – tipo de competição de Mountain Bike disputada em pistas aonde o vencedor é o atleta que completar o maior número de voltas no menor tempo;
  • Cubo – é a peça que liga o eixo de cada roda aos raios, são responsáveis ao mesmo tempo por sustentar e permitir a rolagem macia das rodas. Seu sistema pode ser com rolamentos ou esferas;
  • Curso – é a distância que se move o amortecedor durante o movimento de compressão;
  • Ciclovia - estrutura para a circulação de bicicletas segregada fisicamente do restante do sistema viário;
  • Ciclofaixa - espaço da via destinado a circulação exclusiva de bicicletas, mas sem segregação física; 

D

Down Tube, tubo inferior ou tubo diagonal é a parte do quadro que liga o movimento central ao tubo da caixa de direção Foto: MTB Brasília

 

  • DH - DownHill, trecho ou prova de descida;
  • Down Tube – ou tubo inferior - tubo estrutural que une a caixa de direção ao movimento central;
  • Dínamo: antigo sistema transformador da enegia mecânica das rodas em energia elétrica para alimentar, por exemplo, as lanternas dianteira e traseira da bicicleta;

 

E

Esferas são as pequenas "bolinhas" no interior do cubo - Foto: Revista Bicicleta

 

  • Espiga - é a parte do garfo ou da suspensão que os firma no quadro e onde se acopla a mesa. Também é chamada de tubo de direção ou canote da suspensão;
  • Estilingada - quando o ciclista entra na curva de tal maneira que permite, logo em seguida, que ele saia da curva na frente dos demais;
  • Esticar – significa avançar para a dianteira do pelotão ou imprimir repentinamente um ritmo mais forte; 
  • Escalera - Vem do Espanhol “escada”, é uma forma de revezamento que tem este formato muito comum em lugares com vento, pois só se consegue o benefício do vácuo andando na lateral para trás de outro ciclista;
  • Escalador ou montanheiro - atleta especializado em subidas;
  • Esferas – são pequenas “bolinhas” no interior do cubo, responsáveis por permitir o rolar macio da roda;

 

F

Full suspension é a bicicleta que tem suspensões traseira e dianteira - Foto: Bikemagazine

 

  • Fixa ou fixie – bicicleta com a roda fixa, onde os pedais sempre vão girar junto com a roda e vice versa;
  • Fuga ou escapada - Quando um ou mais ciclistas deixam o grupo principal (pelotão) para abrir vantagem, ganhar tempo ou garantir a vitória;
  • Fibra de carbono – material muito leve e mais resistente que o alumínio utilizado na fabricação de quadros;
  • Frame – o quadro;
  • Firma-pé – tipo de armação de plástico que ajuda no encaixe dos pés ao pedal, proporcionando maior rendimento na pedalada;
  • Freio a disco – sistema de freio que pode ser hidraulico ou por cabos semelhante aos utilizados em motos;
  • Full suspension – bicicleta com sistema de suspensão dianteiro e traseiro;
  • Farol - é o equipamento de iluminação dianteira da bicicleta;

 

G

Garfo de uma bicicleta sem suspensão - Foto: Blog Ciclismodeestrada

 

  • Gregário - é um atleta da equipe que se sacrifica pelos demais, colocando a cara no vento, neutralizando fugas, e as vezes até buscando suprimentos;
  • Grau ou Wheelie – pedalar empinado, ou se equilibrando apenas na roda traseira;
  • Gazela ou speed - bicicleta estradeira, de velocidade;
  • Gatilho ou Rapidfire – passador indexado que permite a troca rápida de marchas;
  • Giro ou girar – rolê de bicicleta, pedalar;
  • Girinho - pedal curto, em ritmo de passeio, sem compromisso;
  • Guidão – é a direção da bicicleta, aonde são instalados os manetes de freio, os trocadores de marcha e acessórios como ciclocomputadores, campainhas, etc.;
  • Gancheira – local aonde é afixada a roda ao quadro. Também existe a gancheira do câmbio, que tem a mesma função de fixação da peça ao quadro;
  • Garfo – estrutura que se acopla ao quadro aonde se encaixa a roda dianteira;
  • Grip shift – sistema de troca de marchas que consiste em um movimento giratório das mãos, semelhante ao movimento de acelerar uma motocicleta;
  • Ghost Bike - espécie de bicicleta manifesto, é toda pintada de branco e afixada no local onde um ciclista foi morto, geralmente vítima da violência no trânsito; 

K

Exemplo de cassete sendo removido da roda traseira - Foto: Pedaleria

 

  • KOM ou QOM – do inglês “King of the mountain” ou 'Queen of the mountain” que em português significa rei ou rainha da montanha e serve para designar aquele ciclista que tem o melhor desempenho nas subidas;
  • K7 - ou cassete da bicicleta é parte do sistema de transmissão que é afixado na roda traseira acomoda a corrente em diversas posições diferentes. Difere da catraca pelo tipo de encaixe no cubo e a localização do sistema que permite à roda girar livremente;

L

Farol, dínamo e lanterna de uma bicicleta - Foto: MercadoLIvre

 

  • Lanterninha - Ciclista que fica sempre pra trás;
  • Lanterna – sistema de iluminação traseira da bicicleta;

 

M

Imagem de um evento Massa Crítica (Bicicletada) em São Paulo - Foto: Meio Fio

 

  • Mordida de cobra - quando o pneu tem furos na sua parte lateral;
  • Massa Crítica - do inglês "Critical Mass" - é um evento que ocorre tradicionalmente na última sexta-feira de cada mês em muitas cidades pelo mundo, onde ciclistasskatistaspatinadores e outras pessoas com veículos movidos à propulsão humana, ocupam seu espaço nas ruas. O termo é utilizado na física para significar a quantidade mínima necessária para formar e manter uma reação em cadeia (nuclear);
  • Migão – manobra difícil que consiste em andar apenas com a roda da frente tocando o chão; 
  • Macaquinho – câmbio; 
  • Magrela – Bicicleta;
  • Manopla, empunhadura ou punho – é o revestimento com fita ou com um acessório (geralmente de borracha ou couro) de uma parte do guidão aonde o ciclista coloca suas mãos para pedalar;
  • Movimento Central – é o componente do grupo de transmissão que permite o movimento rotacional do pedivela (estrutura aonde se firmam os pedais);

P

Imagem de uma coroa com o Pedivela já acoplado - Foto: Pra Quem Pedala

 

  • Puxar o cabo - Pedalar mais forte;
  • Provas Clássicas - são competições de um único dia;
  • Pedal – é um rolê, passeio ou treino de bicicleta;
  • Passista - é o atleta que mantêm ritmo forte durante um longo tempo;
  • Pedaleira ou firma-pé – acessório que permite ao ciclista acoplar seus pés nos pedais;
  • Pegada – é a posição das mãos do ciclista no guidão. Pode variar dependendo do modelo do guidão ou do uso de bar ends;
  • Pelotão – é um grupo grande de ciclistas pedalando juntos; 
  • Prólogo - é um contra-relógio onde se define quem será o primeiro a usar a camisa de líder;
  • Prova por Etapas ou Volta Ciclística – são corridas que duram dois ou mais dias;
  • Pivot 180° - manobra aonde o ciclista se apoia na roda dianteira e gira a bicicleta em 180 graus;
  • Praieira - bicicleta estilo “confort” utilizada tipicamente no litoral;
  • Pedivela – ou crakset é a parte da bicicleta aonde se firmam os pedais, fazendo a ligação com a coroa;
  • Paraciclo - estrutura física para prender bicicletas;

Q

Um quadro e suas partes - Foto: Blog De Bike

 

  • Quadro – é o esqueleto da bicicleta, a sua principal estrutura aonde se encaixam as rodas, selim, guidão, garfo, câmbios, etc.;

R

Alguns tipos de rolamentos de bicicleta - Foto: Bikemagazine

 

  • Ratoeira – quando uma bicicleta está cheia de gambiarras, ou improvisos;
  • Rolamento – peça no interior dos cubos responsável pelo giro da roda, também é utilizada, por exemplo, em carrinhos de rolimã;

S

Tradicional selim da marca inglesa Brooks - Foto: Ciclourbano

 

  • Selim – é o banco da bicicleta;
  • Sapata – são as pastilhas do sistema de freio V-brake ou cantilever;
  • Suspensão – é o sistema de amortecimento da bicicleta, geralmente instalado no garfo dianteiro, mas também é comum ver bicicletas com suspensão dianteira e traseira (ver full suspension);
  • Suspa – é o apelido da suspensão da bicicleta;
  • Sprinter ou velocista - é o ciclista com muita explosão muscular, ou seja, boa arrancada;

 

T

A tradicional tonguinha

  • Tonguinha ou Triciclo Bandeirante - tradicional triciclo de plástico para crianças que estão começando no pedal;

 

U

  • U-Lock - tipo de trava para bicicletas em formato de U, é considerada uma das melhores travas do mercado;

V

Modelo de freios V-Brake - Foto: Bikemagazine

 

  • Volantão, coroão ou prato – é a maior engrenagem dianteira, utilizada para desenvolver maior velocidade;
  • V-Brake – sistema de freios com duas barras paralelas aonde se fixam as sapatas (pastilhas), movido a cabo;

                                                                                         Z

  • Zerar– obter sucesso em manobras ou pistas;




Últimas notícias:

Manifesto do CicloBr!

Repúdio contra a lei nº 16.738, de 7 de novembro de 2017

CAMPANHA BIKE GUARANI na Aldeia Tekoá Pyau Pico do Jaraguá

Doe seu dinheiro, doe sua bike, doe seu tempo!

É hoje o Dia Mundial sem Carro! Tome uma atitude!

Venha tomar um café da manhã conosco!

Bike Help Edição Especial - Semana da mobilidade

Os atendimentos são feito por mecânicos com selo CicloBR.